ESTAMOS TRABALHANDO PARA ATUALIZAR TODAS AS ÁREAS DO SITE!! EM BREVE, UM NOVO PORTAL DE NOTÍCIAS DO PARAÍSO!

Com Maria vamos testemunhar a VIDA!

98

Queridos irmãos e irmãs. Iniciamos o ano de 2017, ano escolhido pela CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, como Ano Nacional Mariano, que teve como inspiração a comemoração dos 300 anos do encontro da imagem milagrosa de Nossa Senhora da Conceição Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul, na atual cidade de Aparecida-SP. Neste ano também é celebrado o Centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima, ocorrido em 13 de maio de 1917, que tiveram como protagonistas três crianças que pastoreavam um pequeno rebanho, na Cova da Iria, freguesia de Fátima, concelho de Vila Nova de Ourém.

Os bispos do Brasil lembram que este Ano Mariano é para celebrar, comemorar, para louvar a Deus, mas também para reaprender com Nossa Senhora como seguir Jesus Cristo e ser cristão hoje.

Maria nos aponta como deve ser o sim de todos os batizados, e declarados Filhos de Deus. Ela nos ensina a responder o nosso chamado vocacional e nos dá os exemplos de paciência e humildade. Como jovem, superou a ansiedade natural da idade, e o medo em aceitar o convite; como precursora da salvação do mundo, colocou-se como “humilde serva do Senhor”.

O Ano Mariano também nos aponta a missionariedade de Maria, aquela que deu o testemunho de fé. Mais do que testemunhar a fé ou as convicções religiosas, mais do que ensinar verdades, Maria dá exemplo que o missionário evangeliza pelo testemunho do amor misericordioso de Deus. Vemos isso quando ela partiu às pressas para ajudar sua prima Isabel e a criança saltou em seu ventre. Em confirmação, o menino estremeceu de alegria e Maria se colocou a rezar. Esse acontecimento confirmou que a presença da Mãe do Filho de Deus, gerava a vida. Sua história deve nos mover.

A exemplo de Maria somos chamados a despertar a vida, num mundo cheio de conflitos e tribulações.

Muitas vezes somos missionários da ganância, da raiva, do consumismo e de tantas outras coisas. É como se espalhássemos uma semente que jamais dará fruto.

A pergunta da Igreja Católica no Brasil é para todos nós: como chegaremos a Jesus através de Maria? Quais serão as nossas atitudes como cristãos e como servos? Como agentes de pastorais e movimentos, que tipo de missionários somos?

Em nossa Diocese de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, nosso bispo diocesano, nos motiva a refletir essas e outras questões através do Sínodo Diocesano. Com o tema “O sonho missionário de chegar a todos” (Papa Francisco), as forças vivas da diocese foram convocadas a refletir, orar e pensar a unidade e comunhão da Igreja de Cristo para que o Reino de Deus aconteça de verdade. O Sínodo nos chama a vencer os desafios e reanima a nossa fé, nos dando um sentimento de pertença a algo maior.

Nossa paróquia Nossa Senhora do Paraíso, de mãos dadas a Diocese, está presente, refletindo, apoiando e rezando.

Convidamos todos os leitores do nosso “De Olho no Paraíso” a acompanharem aqui as matérias que durante este ano trataram esses três assuntos importantes.

Com muito carinho a Pastoral da Comunicação deseja um ótimo ano a todos, na certeza que caminharemos juntos para evangelizar e ser luz e VIDA no meio do povo e da sociedade.

Até breve,

Pedrinho Botaro

Pastoral da Comunicação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *