ESTAMOS TRABALHANDO PARA ATUALIZAR TODAS AS ÁREAS DO SITE!! EM BREVE, UM NOVO PORTAL DE NOTÍCIAS DO PARAÍSO!

Mariologia – 2° Dogma: Maria Sempre Virgem

161

Irmãos, neste mês refletiremos sobre o dogma sobre a virgindade de Maria. Fato esse um tanto quanto difícil e complicado de se entender, já que Ela deu à luz seu filho Jesus, não é mesmo? Se enxergarmos o ato pela visão física, carnal, isso é absolutamente impossível de acontecer: uma mulher ficar grávida e ainda permanecer virgem. Mas tudo o que está escrito na Bíblia é sagrado, assim como a Igreja à qual pertencemos. E o Sagrado ultrapassa o físico, o carnal.

Em outubro de 649, o Concílio do Latrão chegou a esta definição de fé: “Seja condenado quem não professar, de acordo com os santos Padres, que Maria, mãe de Deus em sentido próprio e verdadeiro, permaneceu sempre santa, virgem e imaculada quando, em sentido próprio e verdadeiro, concebeu do Espírito Santo , sem o concurso do sêmen de homem, e deu à luz Aquele que é gerado por Deus Pai antes de todos os séculos, o Verbo de Deus, permanecendo inviolada a sua virgindade também depois do parto”.

Meus irmãos, celebramos recentemente a Santíssima Trindade, magnífico mistério da nossa Igreja. Não somos capazes de entendê-la, por maior o esforço que fizermos. Porém, Nela acreditamos e professamos nossa Fé. Cito esse exemplo para demonstrar que temos que usar a mesma visão em relação ao 2º Dogma, Maria sempre Virgem. Por meio da nossa Fé, acreditamos na virgindade de Maria. Deus é luz e luz é partícula, que consegue atravessar o vidro sem o quebrar. Fiquemos todos com Deus.

Fonte: Henrique – Legião de Maria




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *